Farol de carro: Quais os tipos e quando utilizá-los?

posicoes-farol-de-carro-planet-car-seminovos-

Existem tantas posições de comando do farol de carro que ficamos perdidos não é mesmo?

Ao dirigir um carro de modelo e marca diferentes, procuramos pelos botões do ar condicionado, alavanca de seta, piloto automático e inclusive acionamento de faróis.

Cada montadora tem um lugar padrão para todos os componentes, como o clássico “botão de farol do gol”.

Equipando desde o modelo de entrada até o mesmo os importados Jetta, Golf e Passat.

A questão é, você sabia que existem muito mais tipos de faróis do que os conhecidos baixo e alto?

Conhecer a função e quando utilizá-lo, é de extrema importância, não só para uma melhor dirigibilidade.

Mas para evitar multas de trânsito e não prejudicar os motoristas a sua volta.  

Farolete

Pode ser chamado de luz de posição ou lanterna, ao acionar o farolete será emitida uma luz fraca nas lanternas dianteiras e traseiras.

Utilizado para alertar outros veículos da posição em que o carro se encontra e da sua largura, em situações de parada para embarque e desembarque de passageiros ou na circulação de estacionamentos.

Alguns modelos novos não têm mais com farolete, levando ao uso mais frequente do farol baixo.

Mas atenção, o farolete não substitui o uso do farol baixo em estradas e rodovias, durante o dia.  

Farol baixo

O farol de carro baixo convencional é a principal fonte de iluminação do veículo. Ele pode conter as luzes diurnas (DRL) ou não, além de serem equipado com os modos:

  • Farolete
  • Farol baixo
  • Farol alto

Cada montadora utiliza uma tecnologia e estrutura, por isso, podem ser de diferentes tipos, cada uma com uma lâmpada diferenciada.

Atualmente, as lâmpadas mais utilizadas ainda são as halógenas, mas cada vez mais vezes as de LED, por serem mais eficientes.

O uso do farol baixo é obrigatório nos seguintes casos:

  • Estiver escuro ou à noite
  • For dirigir na chuva ou com neblina
  • Passar dentro de um túnel
  • Circular em rodovias ou estradas, independente do horário

Em alguns modelos de carros, o farol baixo é acionado automaticamente quando o veículo é ligado, facilitando a vida do motorista.

 

farol-de-carro-baixo-planet-car-seminovos

 

Farol alto

Esse tipo de farol só deverá ser utilizado em situações em que não há iluminação pública.

Certifique-se de não acionar o farol alto quando houver outros motoristas na sua frente ou no sentido contrário da pista.

Pois, o mesmo pode prejudicar e muito a dirigibilidade e inclusive causar “cegueira” temporária dependendo da intensidade da luz.

Não é aconselhável o uso desse tipo de farol em dias com neblina e chuva, pois as gotas de água refletem a luz diretamente para o motorista.

Use sempre o farol baixo em conjunto com farol de neblina.  

farol-geral-planet-car-seminovos

 

Farol de milha

Em uma rodovia, estrada ou trilha, ele é capaz de iluminar uma distância bem maior do que os faróis convencionais.

Contudo, o farol de milha deve ser utilizado somente nessas circunstâncias de longas vias.

Nunca em situações onde há visibilidade pública ou tráfego de outros veículos.

Chamado de milha por alusão à distância de 1 milha (1.600 metros) e tem como objetivo aumentar o poder do farol alto.

Diferente do farol de neblina, ele é direcionado para a frente, e não auxilia na visão periférica.

Normalmente, esse acessório já vem instalado em algumas caminhonetes e carros off-road, mas pode ser oferecido como opcional em outros modelos também.

milha-planet-car-seminovos
Farol de milha é normalmente equipado com veículos Off Road, onde não há iluminação pública

Farol de neblina

Geralmente instalados em baixo dos faróis tradicionais, devem ser acionados em dias de neblina.

A principal diferença desse para os outros tipos de faróis é que ele ilumina de baixo para cima, impedindo que tal luz seja refletida pelas gotículas de água.

Por isso, o farol de neblina não deve ser utilizado em outro tipo de situação, sob o risco de prejudicar a visibilidade dos outros motoristas.

Eles são completamente separados dos faróis normais, instalados a uma distância de 20 cm a 30 cm do solo.

Faróis de neblina são fortes e apontados para o solo, com o propósito exclusivo de iluminar a pista de rodagem para o motorista, e não para iluminar os obstáculos à frente do veículo.

O farol de neblina não substitui o farol baixo! 

farol de neblina ativados

DRL

Os faróis com DRL (Daytime Running Light, significa luz de rodagem diurna) estão na moda da indústria automotiva.

Elas têm a função de deixar o carro visível durante o dia sem que o motorista precise usar o farol baixo.

O DRL pode ser integrado aos faróis ou posicionado próximo ao para choque.

Ele é destinado apenas para uso em condições de luz natural.

Em condições de baixa iluminação, o motorista deverá acionar outro sistema de iluminação, pois tem praticamente a mesma função que o farolete, porém mais agradáveis aos olhos.

 

farol drl

 

Você sabia que existiam tantas posições e tipos de farol de carro?  

Com certeza você encontrará o carro dos seus sonhos na Planet Car! Clique aqui e entre em contato conosco.

Quer saber mais sobre carros? Fique por dentro de todos os nossos artigos no Blog

 

planet-car-atendimento-online

2 thoughts on “Farol de carro: Quais os tipos e quando utilizá-los?

  1. Pingback: Novas Leis de trânsito | Confira as mudanças para 2021. - Planet Car

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.